Idade – 14 anos

Fausto
Tinha um amigo meu que imitava derrapada de carro com a boca e eu achava aquilo o máximo, então passei a tentar reproduzir o mesmo som enquanto andava pelas ruas do Centro de São Paulo. Naquela época eu era Office-boy. Isto mesmo, naquele emprego que comentei há alguns posts atrás (Ver post Moscou - 1987).

Acontece que jamais tive êxito em minhas tentativas, por outro lado e por acaso, consegui produzir um som diferente do dele e que após alguns anos de treinamento possibilitou-me não só reproduzir as tão desejadas derrapadas de carro com tamanha perfeição quanto criar alguns outros sons.

Moscou
Este assovio fez sucesso no Colégio, Faculdade, Pós-Graduação, trabalhos por onde passei e happy hours que freqüentei, se tornando uma espécie de marca registrada “Moscou” e que aparentemente os amigos adoram. Sempre que reunimos turmas antigas, de mais de 5, 10 ou 20 anos, sou convocado a imitar a tal derrapada, turbo de carro ou caminhão, freada de ônibus, maquininha de dentista ou até mesmo os sons do antigo personagem Robocop.

Sou um cara que gosta de vídeos pessoais e curiosamente não possuo e nem me recordo de ter sido filmado em uma das minhas “performances”, porém há alguns dias esta história mudou... O pessoal do trabalho filmou um pouquinho das brincadeiras. Não ficou muito bom e nem tem tanto material como eu gostaria, mas serviu para eu perceber que estas brincadeiras que faço merecem registro. Percebi que o único registro que tenho foram fotos tiradas em um churrasco que fizemos no Sítio do Zinha em 1993. Foi a "performance" do motorista do busão. Foi completa e contou até com passageiros, representados por alguns tenentes bêbados.

Em breve, farei um vídeo das brincadeiras que costumo fazer com o pessoal e que fazem sucesso com os amigos, só espero que seja em uma situação expontânea, pq ficará mais legal.

Happy hour - out10


Thanks: Cintia e Patrícia

Abraço

Heaven

Tem uma música do Live que diz:

"I don't need no one to teel me about heaven. I look at my daughter, and I believe"
Eu não preciso de ninguém pra me falar sobre o paraíso. Eu olho pra minha filha, e eu acredito.

Olhem estas fotos... Parecem pinturas, mas são obras criadas por Deus.

Pertencem à edição 2010 do 'Take a View - Landscape Photographer of the Year'. Cerca de 100 das melhores fotografias da competição farão parte de uma exposição no National Theatre, em Londres.










O grande vencedor da edição 2010 foi esta visão fantasmagórica do Castelo de Corfe, em Dorset.


Abraço

Pinturas 3D

Tudo bem que o assunto já está batido, mas é sempre legal ver o trabalho destes caras. Sempre aparece algum que intriga nossas mentes (Quanta babaquice!). Curte aí e pronto...

































 






Thanks: Maycon

Abraço

Mata a véia

Toninho & Ivete
Minha esposa é natural da cidade de São Carlos – SP e, lógico, a família dela é de lá. Nos tempos de namoro nos víamos apenas de fim de semana, as vezes ela vinha para São Paulo e eu costumava viajar bastante para São Carlos. Num fim de semana destes meu sogro resolveu quebrar o pau com minha sogra. Não que isto era fato incomum, pelo contrário, eles brigavam bastante, porém aquela peleja se mostrou muito diferente das demais.

Eu era Tenente do Exército e naquele tempo gostava de andar armado, porém nos primeiros meses poucos sabiam desta condição e meu sogro era uma destas pessoas. Eu achava que não deveria freqüentar a casa do homem sem que ele soubesse daquela condição existente; justo.
Minha mochila de viagem ficava guardada no quarto em que dormíamos e, como todo bom militar, eu procurava deixar a arma descarregada escondida dentro da bolsa, e a munição eu colocava em outra parte da bolsa para evitar os tão noticiados acidentes envolvendo armamento.
– Nossa! Ele escondeu dentro de uma bolsa! Quanta segurança!
Acontece que somente minha noiva e meu sogro sabiam da existência do armamento e além do mais, quem iria mexer nas minhas coisas? Aprendi da pior maneira.
Voltando à briga... estou na sala assistindo um filme (Novidade!) com minha sogra sentada ao meu lado no sofá. Meu sogro estava na cozinha, que não era tão longe assim, e ambos gritando um com o outro. O pau tava comendo solto. Não me recordo o nível da baixaria já que, além de ser uma coisa meio que comum entre eles, eu não dava a mínima para aquela situação. O curioso é que apesar de não me recordar que filme estava assistindo (pena!), tenho a impressão que estava muito bom.
Meu sogro de vez em quando vinha até a porta da sala e, como estava cozinhando, uma hora xingava com um pano de prato na mão, outra com uma cenoura, e às vezes com uma faca de manteiga, mas em determinado momento ele apareceu chacoalhando algo diferente de tudo que utilizara em todas as discussões anteriores...
- Qualquer hora eu faço uma besteira com isto aqui!
Eu estava tão entretido com a seção de cinema que demorei pra perceber que ele empunhava meu revolver Rossi calibre 38. Era uma arma muito pequena, potente, duas polegadas, cinco tiros, com munição jaquetada, e que eu costumava usar no coldre de tornozelo. Pra se ter uma idéia, certa vez fui a um rodeio e a segurança do local, mesmo me revistando, não encontrou a arma. Amadores.

Segue...
Sabe quando vc olha uma situação, ignora, e depois volta a olhar assustado? Então, foi deste jeito que eu reagi àquela cena. Rapidamente levantei-me do sofá e fui em direção ao meu sogro. Não como naqueles filmes em que o cara vai todo cheio de jeito para não ser alvejado, mas como um pai que vai pra cima do seu filho pra tirar algo da mão dele antes que faça besteira.
- Porra, sogro! Tá de sacanagem? – e tomando a arma da mão dele com relativa ignorância continuei...
– Sou Tenente do Exército, se vc fizer merda com isto aki eu tô fudido pela vida inteira!
Enquanto seus outros filhos e minha noiva comiam o toco do véio, eu fui até a cozinha e retornei...
- Tó... – entregando na mão dele a maior faca que encontrei na gaveta...
- Mata a véia com isto!
Abraço

Cerveja

video

Thanks: Wagner

Abraço

Ringtone

Não sei se alguém já teve esta idéia, só sei que o pessoal gostou. Este é o som da Urna eletrônica (Confirmar) e que fica legal como ringtone para mensagens.

Se quiser ouvir...

video

... e caso queira baixar é só clicar no link:

 
Ou se quiser converter o som direto de um link do Youtube:
 
 
 
Abraço

Os três mosqueteiros



3 corinthianos bem diferentes dos da história: Moscou, Sidnei e Fausto
e ao fundo está o 4º mosqueteiro... Mané! Procure que vc acha...
Em um domingo qualquer, centro de São Paulo, Vale do Anhangabaú, terminal de ônibus localizado abaixo do viaduto Santa Ifigênia.

Enquanto eu aguardava a chegada do coletivo, soube que o Corinthians havia perdido para o São Paulo.

Eu acabara de chegar de viagem e esta informação veio através dos tristes comentários de três corintianos que esperavam a mesma condução com destino à Zona Norte.

Aqueles eram torcedores emblemáticos. Sabe aquela imagem de corintiano que todos nós temos: cara de bandido, dialeto específico, vocabulário chulo, camisa velha e apenas alguns dentes na boca? Então, os três eram assim. Daqueles que aparecem nos documentários sobre torcedores fanáticos invadindo o campo ou chorando. Aliás, do tipo que aparece no Datena... preso e escondendo a cara.

Lembro que a torcida do São Paulo tb utilizava o Vale do Anhangabaú como parte do trajeto a pé, porém do outro lado, perto do metro São Bento, a uns 50 metros de distância donde nos encontrávamos. Naquele final de tarde posso dizer que eles eram muitos e que estavam “bem alegrinhos”... rsrsrsr

Parece mentira, mas os três banguelas começaram a xingar aquela pequena população de São Paulinos e não demorou muito para uns 50 deles se juntarem e começar uma aproximação em direção aos três patetas. E eu ali... já tentando lembrar a escalação do São Paulo, os títulos, torcedor símbolo, para tentar me safar em caso de abordagem.

Que vergonha! Naquele momento eu fui um corintiano de merda! Pudera... o negócio tava muito feio pro lado dos caras.

Quando o caldo começou a engrossar e os São Paulinos já esboçavam um ataque, um dos maloqueiros comentou:

- Agora a casa caiu! Tamú fudido!

Este comentário apontava que a partir daí eles ficariam quietos e os São Paulinos poderiam deixar a briga de lado. Quanta inocência. Imediatamente outro dos banguelas emendou:

- Foda-se! O Timão perdeu e noís vamú detoná estes bambis!

E o outro...


- Fudeu, fudeu... Foda-se, foda-se!.

Meu Deus. Os três doidos, sozinhos, começaram a avançar em direção à turba como se fossem bater em todo mundo... e a torcida passou a gritar “Uh, vai morrer! Uh, vai morrer!”.


E iam mesmo.

Incrível. Não sei como, mas apareceram uns 10 corintianos que estavam distribuídos nos outros pontos de ônibus e, mesmo em numero visivelmente menor, aquele Bando de Loucos foi “pra cima” (úi) dos São Paulinos. Saliento que os apoiadores não estavam juntos, e sim espalhados pelos outros pontos de ônibus do local. Percebia-se que eles não se conheciam.

Após alguns minutos de correria os três caras retornaram e acreditem, traziam faixas e camisas tomadas dos torcedores São Paulinos, além de algumas histórias pra lá de cabeludas.

No Exército aprendi que um assalto (ataque) deve ser feito sempre de 03 contra 01, porém aqueles três malucos provaram que nem sempre tem que ser assim.

A viagem de retorno, mesmo com a derrota do Timão, foi em um tom só: Batucada no busão e os três mosqueteiros encabeçando a bagunça.

Vc acha que eles pagaram a condução?

Abraço

Vida de casado

Minha mulher disse que só tem "óleos" pra mim... é mole?


Abraço

Mr Cocktail

video

Thanks: Wagner

O velório

Vó Adélia
Minha família tem a mania de contar piadas durante nossos velórios, mas tudo por debaixo do pano. Sei lá, tem gente que não gosta... tipo os filhos do morto, etc. Por outro lado somos muito emotivos. Da mesma forma que contamos piadas até sobre os falecidos, nos desmanchamos em lágrimas quando o caixão se fecha. Lembro que nem mesmo o velório da minha avó passou em branco. Naquela época o celular era uma tecnologia nova e cara e apenas um dos presentes possuía equipamento tão necessário naquele momento. É assim que surge na história nosso amigo Marcos, dono do tão desejado celular e que, apesar de não fazer parte da família, "prestigiava" o velório. Lembro que ele não havia carregado totalmente a bateria do aparelho e as diversas chamadas, relativas à ocasião, estavam consumindo a bateria rapidamente. Por sorte, ele carregava consigo o tal carregador e naquele momento precisávamos que o aparelho fosse carregado nas proximidades do local em que minha avó era velada para que os parentes pudessem atender as ligações e orientar seus entes queridos sobre detalhes do velório (Local, horário do enterro, etc.). Ocorre que dentro da sala existia apenas 01 tomada e... bem ao lado do caixão. Até aí nada demais, né?

Pelo contrário, o celular em determinado momento e, como já era esperado, tocou. A situação foi estranha para todos, pois poucos estavam acostumados com um celular tocando, ainda mais vindo da lateral de um caixão.

Marcos estava fora da sala e demorou a atender... Neste momento meu primo, Marcello, se aproximou de mim e, rápido como uma cobra, espetou...

- Pô, o Marcos não se liga... Atende logo o celular se não vai acordar a vó!

E dizem que eu sou o FDP da família!

Marcos
Abraço

Toboágua 2020

video

Deste eu não teria medo!
Abraço

Links legais

A Fundação Itaú, em homenagem ao mês das crianças, está distribuindo um kit contendo 4 livros infantis. Para se cadastrar e receber é só entrar no link abaixo...

http://bit.ly/94uwn0


Este aki tb é show...


http://bit.ly/dcRRtv


Vc está alinhado com as propostas do seu candidato (a)?


http://bit.ly/c83oBV


Quer saber se está estressado...



Que tipo de consumidor vc é?


Atores X Lutadores

Mais de uma vez surgiu em conversas a dúvida sobre a habilidade dos atores em filmes que necessitam ou tem como base as artes marciais (A famosa PORRADA!). Bom, segue breve histórico daqueles que a maioria entende como “charlatões” nas telas de cinema...

Jean Claude Van Damme

Não é somente como ator, mas também escritor, roteirista, produtor, diretor e coreógrafo das cenas de lutas em diversos de seus filmes.
Foi Bailarino durante seis anos.
Aos dezesseis recebeu a faixa preta e tornou-se campeão de Karatê.
Seu estilo atual consiste de kickboxing, Karatê Shotokan, Muay Thai, e Taekwondo.

Vencedor do título de fisiculturismo Mr. Bélgica.


Steven F. Seagal
Ainda adolescente, partiu para o Japão e se tornou mestre em aikido.
No Japão abriu uma agência de segurança de autoridades e ministrava treinamento para órgãos como a polícia japonesa e agentes da CIA e militares americanos.
Especializou-se também no uso e manuseio de armas de fogo de diversos calibres, tendo ministrado cursos na área para diversas forças de segurança.
É faixa preta 7º Dan de Aikido.
É  faixa preta em Judô, Karatê, Kendo e Hapkido.
É delegado em Jefferson Parish, no estado da Louisiana, EUA.
Trabalha ao lado da SWAT como professor, ensinando oficiais a usar armas de fogo e técnicas de combate corpo-a-corpo.
É ativista pela paz mundial e pelo tema ambiental, principalmente em relação à devastação de áreas nativas norte-americanas e ao uso indiscriminado de combustíveis poluidores.
Possui uma banda de blues, além de produzir outras bandas do mesmo ritmo.

 
Dolph Lundgren Foi aluno do Real Instituto de Tecnologia de Estocolmo.
Declinou uma bolsa de estudos Fulbright para o MIT (Massachusetts Institute of Technology), mas decidiu dedicar-se a sua carreira de ator.
Ele fala sueco, alemão, francês, espanhol, inglês e ainda sabe um pouco de japonês e italiano.
Ah... ele é faixa preta 3° Dan de karatê Kyokushin.

Wesley Trent Snipes
Foi criado no bairro do Bronx, em Nova Iorque, e se tornou um hábil lutador de caratê, Hapkido e capoeira.
No início de sua carreira fez uma participação especial no videoclipe da canção "Bad", de Michael Jackson.
Possui uma estrela na Calçada da Fama, localizada em 7070 Hollywood Boulevard.
É o mais fraquinho... e anda enrolado por sonegação de imposto.

 
Jackie Chan (Chan Kong-Sang ou 成龍 ou 房仕龍)
É especialista em artes marciais, como hapkido, Kung Fu, Drunken Fist, Wing Chun, Shaolin do Norte, Monkey Style e Wushu moderno.
Dispensa o uso de dublês para as cenas perigosas e graças a isso já quebrou o nariz, o tornozelo e os dedos diversas vezes, sendo que uma vez ele quase morreu.
Ficou 12 meses na barriga de sua mãe e só nasceu após a mesma ter passado por uma cirurgia para a sua retirada (Chuta que é macumba!).
Aprendeu dança, canto e outros tipos de arte em conceituada escola na China.
Fundou uma instituição de caridade chamada Jackie Chan Charitable Foundation.
Financia bolsas de estudos acadêmicas e artísticas para crianças carentes e para atores que sofreram lesões durante set de filmagem.
Em certa ocasião repassou à Unicef e a outras duas organizações infantis cheques no valor total de 4,14 milhões de dólares de Hong Kong.
É cantor e suas músicas são muito populares na Ásia, principalmente em Hong Kong. Já lançou mais de 20 álbuns, vários dos quais foram usados como trilha sonora em filmes que ele mesmo participou.
Canta em muitas línguas, incluindo coreano, mandarim, cantonês, japonês e inglês.
Fez uma participação em um filme de Bruce Lee como um mero capanga.

 
Praticou Wushu desde criança e a partir dos 11 anos ganhou 5 vezes o título de campeão nacional chinês de artes marciais.
A República Popular da China declarou-o "Tesouro Nacional".
Foi muitas vezes comparado à Bruce Lee.
Conquistou 15 medalhas de ouro e uma medalha de prata nos campeonatos chineses de wushu.


Chuck Norris (Carlos Ray Norris Jr)
Serviu na Força Aérea dos Estados Unidos como policial militar e foi enviado à base aérea de Osan, na Coreia do Sul.
Faixa preta tanto em tangsudo quanto em Taekwondo e em Karatê Shinto-Ryu.
 Criou uma nova arte marcial, o Chun Kuk Do ("Caminho Universal").
 Fundou a associação educacional Federação das Artes da Luta Unidas.
Campeão de Karatê na categoria meio-médio, título que ele manteve por sete anos consecutivos.
Ganhou a coroa tripla de Karatê por mais vitórias em torneios durante um ano.
Participou do filme Way of the Dragon de Bruce Lee.
Fundou a World Combat League, também conhecida como WCL.
Virou "febre" na Internet graças a um website conhecido como Chuck Norris Facts. No Brasil “As verdades sobre Chuck Norris" (Recomendo!).
Abraço


Moscou - 1987

Se liga no vídeo raridade que eu consegui resgatar de uns VHS’s perdidos. É negada... eu andava de skate. Meu negócio mesmo era ladeira, nisto eu era fera, mas neste vídeo dá pra ter uma ideia de como eu conhecia um pouco do assunto.  De quebra tem umas manobras do companheiro Fausto e até um princípio de video cassetada.
Logo no início, prestem atenção na minha mammy no portão, de guarda, verificando se não vinham carros enquanto "o tesouro" dela descia o corredor. Mãe é mãe. Linda!
Agradecimentos eternos para meu vizinho, Sr. Ryuji Inagaki, que além de me contratar para trabalhar em sua empresa quando eu ainda contava com apenas 14 anos, emprestava a filmadora pra que pudessemos registrar estes momentos.

video

Manobra: Rock Slide

Abraço

Fácil de estacionar

Pessoal, este é o Tango... por enquanto somente na Europa.

 


  


 

 

 

  

Abraço